Um Náutico voltando a ser grande

Os torcedores mais antigos do Náutico lembram com clareza do último Estadual conquistado pelo clube, em 2004. Outros, à epóca pequenos, recordam apenas dos melhores momentos reproduzidos pela TV. Muitos anos decorreram e aquele gosto de levantar a taça já sumiu da boca. Depois de uma amarga “Batalha dos Aflitos”, em 2005, muito mais. Achar culpados desse modesto ostracismo não foi perda de tempo.

Mas, nesse último ano, o Náutico parece que tenta voltar a ser grande. Dentro de campo e, sobretudo,  na gestão.

A começar pela campanha otimista e convincente que realiza no Campeonato Pernambucano atual, com 20 pontos, na segunda colocação. (empatado com o Salgueiro, também com 20); A terminar pelo pagamento dos direitos trabalhistas de seu quadro de funcionários.

Foram quitados, na semana passada, três meses de salários atrasados referentes a 2015. Marcos Freitas, atual presidente,  junto com sua diretoria conseguiu regularizar o FGTS (Fundo de Garantia por Tempo de Serviço) de seus empregados depois de quatro décadas.

Vai em frente, Timbu! É assim que se faz futebol.

Compartilhe:Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Email this to someone