Artilheiro do Pernambucano, Thomas Anderson fala em começo surpreendente

A vitória do Tricolor das Tabocas por 5×2 diante do América teve um sabor especial para o atacante Thomas Anderson. Além de marcar dois gols, o centroavante do Taboquito conseguiu a artilharia do Campeonato Pernambucano, com 5 tentos em 5 jogos disputados. Uma média excelente para quem atua na função de balançar os barbantes.

Com a goleada contra os esmeraldinos na Arena Pernambuco, o Vitória passou a ocupar a liderança do Estadual, chegando aos nove pontos na tabela e nove gols marcados até agora na competição.

Thomas exaltou a artilharia, mas valorizou a campanha geral da equipe até agora. “A gente não imaginava esse começo tão arrasador, mas confiamos sempre no nosso trabalho e o do nosso treinador, o professor China, além dos jogadores experientes que temos aqui. Graças a Deus a gente está tendo êxito nas partidas. Na próxima rodada vamos respeitar o Belo Jardim, vamos encontrar dificuldades, mas sabemos da nossa qualidade”, comentou o jogador.

O duelo contra o Calango acontece na quarta-feira (07), no Estádio Joaquim de Britto, em Pesqueira, às 20h. Caso vença, o Vitória chega aos 12 pontos e mantém a liderança do Estadual. Para o jogo, o técnico Fernando Lins não terá o atacante Geovane, que foi expulso diante do América.  A ausência do companheiro de ataque culmina numa certa responsabilidade para o artilheiro.

“Infelizmente ele foi expulso, mas fez uma grande partida, é um grande jogador. A minha responsabilidade agora é maior porque sou artilheiro, vai ter cobrança, mas vamos trabalhar  com os pés no chão para que possamos fazer mais um grande jogo. O torcedor pode esperar muito da nossa equipe”, disse.

Foto: Luciano Abreu/Vitória

Veja os melhores momentos de Vitória e América: 

Compartilhe:Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Email this to someone

Vitória só precisa calibrar a pontaria para conquistar os três pontos

Dois empates em dois jogos resumem a campanha do Vitória no Estadual 2018 até o momento. Desta forma, não dá para negar que o início do Tricolor das Tabocas na competição foi convincente pelo que vem jogando, porém, o time precisa acertar na pontaria. Com o pé descalibrado, o sistema ofensivo do Taboquito deixou a desejar nos seus dois primeiros duelos. Diante do Santa Cruz, no Arruda, o visitante saiu atrás do marcador, mas não se absteve de jogar. Partiu pra cima, efetuou cruzamentos, mas faltou calibrar o pé nos instantes finais do jogo. Chegou ao empate de cabeça e garantiu o 1 a 1.

Neste domingo (21), no empate em 0 a 0 contra o Salgueiro, o Vitória voltou a perder gols, só que em maior quantidade. Méritos também para o goleiro Mondragon, que efetuou defesas milagrosas na Arena Pernambuco. Mostrando um futebol de muita criação, o clube vitoriense teve maior posse de bola e chutou mais vezes ao gol do que seu adversário.

A atuação da equipe foi de bom agrado para boa parte dos 374 torcedores que estiveram na Arena –  que aplaudiu o time após o jogo – como também para a comissão técnica da equipe.

“A avaliação que a gente faz é totalmente positiva. Tivemos personalidade pra jogar, criamos muitas oportunidades de gols, mas no futebol tem disso, a bola não entrou. Eu vejo que a equipe tá numa evolução, mas hoje diante de um adversário forte a equipe se portou bem e infelizmente só a bola não entrou. A gente tá em busca dos três pontos, mas o importante é a equipe ter criado”, destacou Fernando China, técnico do Vitória.

Com dois pontos e na sétima colocação, o Taboquito vai até o Joaquim de Britto, encarar o Pesqueira, às 20h, desta quarta-feira (24). Para o duelo, o Tricolor das Tabocas pode utilizar a mesma formação que entrou em campo contra o Salgueiro: Dida, Felipe Almeida, Fabinho Vitória, David, Léo Carioca, Wires, Juninho, Oliveira, Thomas Anderson, Geovane e Val Paraíba.

Foto: Luciano Abreu/Vitória

Veja os melhores momentos de Vitória x Salgueiro:

Compartilhe:Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Email this to someone

Restando pouco para o Estadual, Vitória vive indefinição de onde jogará

Marcio Souza
07/01/2018

Treinando todos os dias em Chã Grande, no Agreste do Estado, visando o Campeonato Pernambucano 2018, o Vitória ainda não tem certeza sobre onde jogará a competição. Na sua própria cidade isso seria impossível, já que o Estádio Carneirão está em situação de abandono. Sem prazo para “arrumar a casa” e com a aproximação da data de estreia, a incerteza foi implantada na cabeça do torcedor. Afinal, onde o Vitória vai jogar?

As respostas podem não ser tão concretas, mas as cogitações são as mais diversas até essa altura da pré-temporada. Além do Estádio Barbosão, em Chã Grande – cidade que já recebeu a categoria feminina do clube – o Jornal do Commercio divulgou a possibilidade do Tricolor das Tabocas atuar na Arena Pernambuco. Sem dar detalhes da negociação, o veículo de comunicação reforçou que, por questões logísticas (e talvez financeiras) a opção seria a menos viável, restando a primeira a ser abraçada.

No entanto, faltando poucos dias para a bola rolar, as incertezas sobre o uso Barbosão também crescem, pois a praça esportiva necessita de reformas que atendam aos requisitos exigidos pelo regulamento da Federação Pernambucana de Futebol (FPF/PE).  Segundo um interlocutor da prefeitura do município, o clube tem o aval para sediar os jogos no estádio, mas desde que arcasse com as obras.

A última aposta, e talvez a mais certeira (de todas as cogitações), seria o Estádio Antônio Inácio, em Caruaru. Apesar de muito distante para o deslocamento do torcedor, o campo de jogo estaria apto para a realização de partidas e o local possui estrutura para receber qualquer confronto. Todavia, nada está definido.

Enquanto isso, o elenco segue trabalhando visando a estreia, dia 18 de janeiro, no Arruda, contra o Santa Cruz.

Confira a tabela básica do Campeonato Pernambucano 2018:

1º Rodada – 17/01, quarta-feira
Santa Cruz x Vitória (dia 18)
Náutico x América
Afogados x Central
Flamengo de Arcoverde x Sport
Pesqueira x Belo Jardim
Folga: Salgueiro

2ª rodada – 21/01, domingo
Vitória x Salgueiro
América x Santa Cruz
Central x Náutico
Sport x Afogados
Belo Jardim x Flamengo de Arcoverde
Folga: Pesqueira

3ª rodada – 24/01, quarta-feira
Pesqueira x Vitória
Salgueiro x América
Santa Cruz x Central
Náutico x Sport
Afogados x Belo Jardim
Folga: Flamengo de Arcoverde

4ª rodada – 28/01, domingo
Vitória x Náutico
América x Afogados
Central x Flamengo de Arcoverde
Sport x Pesqueira
Belo Jardim x Salgueiro
Folga: Santa Cruz

5ª rodada – 04/02, domingo
Vitória x América
Central x Sport
Flamengo de Arcoverde x Afogados
Pesqueira x Náutico
Salgueiro x Santa Cruz
Folga: Belo Jardim

6ª rodada – 07/02, quarta-feira
América x Central
Belo Jardim x Vitória
Flamengo de Arcoverde x Pesqueira
Náutico x Salgueiro
Afogados x Santa Cruz
Folga: Sport

7ª rodada – 18/02, domingo
Sport x América
Central x Belo Jardim
Salgueiro x Flamengo de Arcoverde
Afogados x Pesqueira
Santa Cruz x Náutico
Folga: Vitória

8ª rodada – 21/01, quarta-feira
Belo Jardim x Sport
Vitória x Central
Flamengo de Arcoverde x Santa Cruz
Pesqueira x Salgueiro
Náutico x Afogados
Folga: América

9ª rodada – 25/02, domingo
América x Belo Jardim
Sport x Vitória
Náutico x Flamengo de Arcoverde
Santa Cruz x Pesqueira
Salgueiro x Afogados
Folga: Central

10ª rodada – 04/03, domingo
Afogados x Vitória
Flamengo de Arcoverde x América
Pesqueira x Central
Salgueiro x Sport
Santa Cruz x Belo Jardim
Folga: Náutico

11ª rodada – 07/03, quarta-feira
Vitória x Flamengo de Arcoverde
América x Pesqueira
Central x Salgueiro
Sport x Santa Cruz
Belo Jardim x Náutico
Folga: Afogados.

Compartilhe:Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Email this to someone