A esperança de um novo futebol

Marcio Souza
23/06/2016

Desde 2002, ano do Penta, os torcedores brasileiros não sabem o que é alegria no futebol.  Na verdade,  não temos mais empolgação – daquelas que inspira vestir a camisa, o corte de cabelo, o nome do primogênito.

Podemos abrir a boca para dizer isso com muita consciência, pois estamos vendo, gradativamente, a Seleção Brasileira perder sua força, ainda com o risco eminente de ficar de fora da próxima Copa do Mundo. Tite, treinador que chegou agora pouco para substituir Dunga, não mede palavras para admitir isso.

“Nós não estamos em uma zona de classificação. É fato real que pode sim (ser classificada) e que o trabalho todo vai ser desenvolvido neste sentido. Eu acredito que vá dar esta condição. Mas corre-se o risco de ficar fora. Claro que se corre. Se tu não aceitar a possibilidade que elas são reais e que está na nossa frente você vai estar fugindo da realidade”, disse à Agência Brasil, no início da semana.

As ressalvas, nesse caso, seriam não perder mais para países de fraco futebol, não entrar em campo para mostrar um jogo pobre e, muito menos, ser desclassificado de competições em que naturalmente seriamos favoritos. Coisas básicas para quem já foi melhor do mundo.

Enfim, para voltar ao patamar que ostentou um dia,  basta o básico mesmo, pois até isso o nosso selecionado parece que desaprendeu após o avassalador 7×1, em 2014. Quanta injustiça para nós brasileiros. Quanta injustiça…

O ápice de todo esse mal que estamos vivenciando aconteceu recentemente. Ser desclassificado da Copa América para o Peru foi o estopim para mandar Dunga pra fora, para tentar reformular, para tentar sobreviver, sair desse marasmo.

A partir de agora, vamos ficar sentados em frente à TV, para ver, sem desmerecer, o novo treinador. Ele tem bagagem. Vamos mergulhar na esperança de um novo futebol.

Tite mostrou postura em conversa de negociação com a CBF. Quer escolher os jogadores e os adversários dos próximos amistosos, pois já tem uma visão muito próxima do mundial 2018.  Se na Canarinha ele fizer metade do que já fez no Corinthians, ‘’tamos dentro’’.

Compartilhe:Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Email this to someone

Há mais de 40 anos, “tocha olímpica” passava por Vitória

Marcio Souza
15/06/2016

 

Há mais de 40 anos Vitória de Santo Antão tinha uma “tocha olímpica”. Não era igual àquela que vimos na TV recentemente, mas tinha lá sua significância: sua passagem representava a abertura dos Jogos Escolares, na gestão do prefeito Barreto, por volta dos anos 70. Essa imagem, no entanto (segundo um internauta muito sábio), foi do ano de 1974. Tal relíquia encontra-se bem conservada no Instituto Histórico e Geográfico da Vitória (IHGV).

Mudando de assunto, mas continuando no mesmo…

A tocha olímpica verdadeira passou por Pernambuco há uns dias, mas esteve muito longe da Terra das Tabocas. Cidades com população inferior – a exemplo de Oróco (14 mil habitantes) e Lagoa Grande (24 mil habitantes) – foram rota do revezamento.

Na relíquia acima estão atiradores do Tiro de Guerra, alunos dos colégios 3 de Agosto e Dias Cardoso. “E quem está com a tocha sou eu! Rapaz isso é uma relíquia mesmo. Após vários revezamentos acendi a “pira” dos jogos no segundo andar do Ginásio”, comentou em uma publicação no Facebook, Hélio Barros de Andrade.

Ahh, essa rua é a Demócrito Cavalcanti, a mesma da prefeitura.

 

Compartilhe:Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Email this to someone

Prévia da Copa do Mundo começa nesta sexta-feira

Marcio Souza
09/06/2016

A Eurocopa terá início nesta sexta-feira, dia 10 de junho. Para os europeus, uma Copa do Mundo fora de época; Para o resto do planeta, uma prévia do mundial 2018. A EURO 2016, sediada na França, terá 24 seleções. Há quem diga que a anfitriã é a favorita, assim como foi na Copa do Mundo de 98, mas a concorrência é grande: Inglaterra, Espanha, Bélgica, Portugal e a campeã do mundo 2014, Alemanha, aparecem na lista de oponentes.

Cristiano Ronaldo é o atacante mais caro da competição e os ingleses possuem o elenco mais valioso, estimado em 751,6 milhões de euros. A competição contará também com cinco brasileiros em campo. São eles: Éder e Thiago Motta (Itália), Pepe (Portugal), Thiago Cionek (Polônia) e Guilherme Marinato (Rússia).

O canal SporTV transmitirá todos os 51 jogos da competição.

Confira os grupos:

times Eurocopa

Compartilhe:Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Email this to someone