SDS veda informações sobre homicídios à imprensa

NogueiraJunior
14/03/2017

Em meio ao caos que sitia o estado de Pernambuco, os veículos de comunicação passaram a divulgar um balanço do que ocorreu em todo estado nas últimas 24h. Entre as pautas, os índices de Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLIs). Desde o inicio de fevereiro, os números deixaram de ser divulgados diariamente no site oficial da SDS.

Para informar a sociedade pernambucana, relatos extraoficiais foram criados e compartilhados com atualizações a cada hora sobre a quantidade de crimes registrados na Região Metropolitana do Recife, Interior e Sertão. Em contrapartida, muitos não acreditam na mensagem do ‘mortometrô’, porém alguns jornalistas começaram a divulgar – após checagem, o balanço dos assassinatos.

Para amordaçar a imprensa pernambucana, o secretário de Defesa Social, Ângelo Gioia, determinou que nenhuma informação ou entrevista deverá ser concedida a nenhum veículo meio de imprensa sem autorização expressa da Gerência Geral de Polícia Cientifica, sob o comando da doutora Sandra Maria dos Santos – ou da assessoria de imprensa da SDS.

De acordo com o documento, a medida em questão tem como objetivo evitar que informações incompletas, errôneas ou divergentes sejam veiculadas gerando conflito ou desgaste a imagem do profissional ou da instituição. Mesmo com a determinação de Gioia, os meios de comunicação vão cumprir o seu papel: informar a sociedade.

Compartilhe:Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Email this to someone

Comments are closed !