Sou do interior

CleitonFerraz
03/06/2017

Sou do interior. Aqui a gente almoça e tem tempo de tirar um cochilo antes de voltar ao trabalho. Aqui a gente anda a pé porque tudo é pertinho, aqui a gente puxa a cadeira da cozinha, leva pra calçada no final da tarde, pra falar da vida com os amigos. O cheiro do café quentinho a gente sente da calçada. A gente dá Bom dia, Boa tarde, Boa noite, a gente chama o vizinho de “Fio” e a vizinha de “Fia”. Aqui é fácil ver a dona Maria varrendo a calçada com uma vassoura feita de mato. A gente vê a vida passar da janela, e recebe leite na porta de casa. Tenho orgulho de ser da Zona da Mata pernambucana, tenho orgulho de ser do interior e não troco isso por cidade grande nenhuma!

Nessa fotografia, quis retratar a simplicidade e a calmaria do interior.   Utilizei a “Regra dos Terços”, colocando o primeiro e o segundo plano em seus devidos lugares na regra, dando um bom conforto ao olhar. Na pós-produção usei cores que rementem ao “Vintage”, dando um aspecto quase envelhecido, harmonizando os objetos fotografados com a mensagem passada.

Compartilhe:Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Email this to someone

Comments are closed !