Querálvares e Queiroz: o conchavo pelo poder

ThyagoLeao
11/01/2017

Não é por pouca coisa que rivais históricos abrem mão de suas diferenças, esquecem os agravos passados e contornam a resistência de seus tradicionais pares a fim de compor uma união.

Por mais fictício que se poderia imaginar, nas eleições de 2016 a união inusitada aconteceu. Existe um ditado popular que diz: “gato com fome come sabão”, e talvez por isso essa união entre dois inimigos políticos, declarados, aconteceu.

O deputado Henrique Queiroz (PR), um homem de palavra, politico nato, com 10 mandatos dizia e diz que não teve aliança alguma. Para ele, se Aglailson Júnior (PSB) chegou a cadeira mais cobiçada da cidade, foi por mérito próprio.

Contudo, confirmando o conchavo, foi nomeado secretário de Indústria e Comércio Carlos Henrique Queiroz (PR), filho do deputado Henrique Queiroz (PR). O ato do novo prefeito foi muito cordial ao primo que ajudou em sua campanha. Como as secretarias executivas ainda não tiveram os nomes de seus secretários anunciados, ainda são esperados novos nomes de pessoas ligadas aos Queiroz.

O certo é que a campanha de Henrique Filho (PR) foi um ‘café com leite’, com o intuito final de tirar o PSD da prefeitura. Assistir a uma cena na qual políticos que foram adversários ferrenhos aparecem alegres e sorridentes, elogiando-se, parece-lhe uma prova suprema de falta de palavra e dos interesses financeiros que possivelmente que os aproximaram.

Compartilhe:Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Email this to someone

Comments are closed !