Operação Rone é iniciada em Vitória

NogueiraJunior
07/08/2017

A Polícia Militar (PM) deu início, nesta segunda-feira (07) a uma operação, em Vitória, com objetivo de reduzir os índices de criminalidade na região. Denominada de Rondas Ostensivas de Natureza Extraordinária (Rone), a ação permanecerá durante 30 dias no município.

De acordo com o sub-comandante do 21º Batalhão Monte das Tabocas, o policiamento será intensificado por meio de rondas com abordagens, incursões e pontos de bloqueios no intuito de combater os Crimes Violentos contra o Patrimônio (CVP) e os Letais Intencionais (CVLIs).

Ainda de acordo com Adriel, os militares estão sendo empregados durante todo dia e realizarão incursões com patrulhamento e pontos de bloqueios, fazendo abordagem a pessoas e veículos [especialmente motocicletas].

Participam da ação algumas unidades especializadas, como o Batalhão Especializado de Policiamento do Interior (BEPI), Batalhão de Operações Especiais (BOPE), Batalhão de Polícia Rodoviária (BPRv), Regimento de Polícia Montada (RPMon), Companhia Independente de Policiamento com Motocicleta (CIPMoto), Companhia Independente de Policiamento de Meio Ambiente (CIPOMA) e Companhia Independente de Policiamento com Cães (CIPCães), além do serviço de inteligência, de equipes da Malhas da Lei.

Compartilhe:Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Email this to someone

“RONDAC está suspensa para mais qualificação”, afirma secretário de Defesa Social de Vitória

NogueiraJunior
28/07/2017

Noticiamos nos últimos dias a suspensão da Rondas de Apoio ao Cidadão (RONDAC), haja vista, que os agentes estavam em processo qualificatório no período de duas semanas, na capital pernambucana. O Curso de Agente de Autoridade de Trânsito foi finalizado no último sábado (22) em Vitória – com abordagens a veículos e orientações de trânsito para os munícipes. Apesar da qualificação ofertada para os agentes da Agência Municipal de Trânsito da Vitória de Santo Antão (AGTRAN), guardas civis também participaram, tendo em vista a necessidade.

Nesta quarta-feira (26) em entrevista concedida à coluna Diário Policial, o coronel Targino, secretário de Defesa Social de Vitória de Santo Antão, afirmou que o grupamento passará por mais qualificação antes de efetuar as atividades operacionais. “Eles agora irão participar do Curso de Formação de Guardas, exigido pela Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp), que dos 44 guardas que temos no nosso quadro, apenas 8 fizeram”, explicou.

Conforme contou Targino, “a segunda graduação visa proporcionar a todos instrumentos através dos quais consigam empreender ações que colaborem com eficácia no Plano de Segurança do município”.

A previsão é de que ainda neste ano o grupamento volte a atuar nas ruas do município. “Estou fazendo de tudo para colocar a RONDAC nas ruas ainda esse ano, mas é preciso que os agentes fiquem preparados. Serão dos meses de treinamento para o grupamento”, contou.

COLETES À PROVA DE BALA, PATRULHA ESCOLAR MUNICIPAL, MANUNTEÇÃO DAS VIATURAS E CRIAÇÃO DE UM SERVIÇO DE INTELIGÊNCIA
A Guarda Municipal de Vitória nos próximos dias receberá coletes à prova de balas. Aquisição dos coletes já passam pelo processo de aprovação estabelecido pelo Exército Brasileiro. Medida visa mais segurança aos GMs.
Outra novidade, é a criação do programa ‘Patrulha Escolar Municipal’, visando a aproximação dos agentes na comunidade escolar com aulas, palestras e ações de cidadania.

Em visita a sede do órgão de segurança do município, a nossa equipe de reportagem acompanhou a manutenção das motocicletas utilizadas no patrulhamento ostensivo. A criação do Serviço de Inteligência é um projeto futuro. “No decorrer, iremos criar um serviço de inteligência para que nossas ações sejam mais estratégicas e pontuais”, disse o secretário.

PARCERIA COM A POLÍCIA MILITAR
“A parceria com a Polícia Militar continua nosso objetivo é um só: garantir a segurança dos vitorienses. Iremos atuar em ações no combate à violência na nossa cidade junto com a PM”, finalizou.

Compartilhe:Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Email this to someone

Em surdina, Polícias Militar e Civil realizam operação para prender traficantes em Vitória

NogueiraJunior
21/07/2017

Uma ação integrada entre a Polícia Militar e Polícia Civil de Vitória de Santo Antão foi realizada nesta quarta-feira (19) nos Bairros Doutor Alvinho, Amparo, Redenção e Loteamento Boa Vista, todos na área urbana do município. Cerca de 30 policiais participaram da ação que visou dar cumprimento a mandados de prisão e busca apreensão. Duas prisões foram feitas pelas equipes. A primeira ocorreu no Alto da Balança. Anderson Cleyton Araújo Costa, foi capturado na residência dele com 50g de crack e R$ 1.420,00 em trocado.

A segunda prisão aconteceu no Amparo, o nome do suspeito não foi revelado por causa das investigações que ainda estão em andamento. Com ele, também foram apreendidos drogas e aparelhos celulares [produtos de roubo], conforme a corporação. Em entrevista, ao Diario Policial, o major Robério Luiz comentou como ocorreu a investida policial e agradeceu a população pela colaboração.

Confira o áudio na íntegra:

Compartilhe:Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Email this to someone

Emissão de carteira de identidade paralisada na Delegacia de Vitória

NogueiraJunior
19/07/2017

Foram paralisadas as emissões de carteira de identidade na Delegacia de Vitória de Santo Antão. Segundo informações repassadas a nossa reportagem, o datiloscopista entrou no período de férias e por falta de profissionais na área o serviço foi suspenso. A previsão de retorno é para o dia 7 de agosto.

Uma moradora insatisfeita com a paralisação contou o transtorno que passou no Complexo Policial. “A gente vem de longe tirar a identidade e quando chega aqui é essa palhaçada: não tem profissional para fazer o serviço. É revoltante, pagamos nossos impostos e não temos regalia nenhuma quando necessitamos”, desabafou.

Compartilhe:Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Email this to someone

RONDAC é suspensa em Vitória

NogueiraJunior
11/07/2017

Os agentes da Rondas de Apoio ao Cidadão (RONDAC), da Guarda Civil Municipal de Vitória de Santo Antão, foram suspensos de atuar nas ruas do município. De acordo com o secretário de Defesa Social, coronel Targino, a partir desta segunda-feira (10) os guardas municipais iniciaram um Curso de Agente da Autoridade de Trânsito, na capital pernambucana. Além dos GCMs, segundo Targino, os novos agentes da Agência Municipal de Trânsito da Vitória de Santo Antão (AGTRAN) também participam do processo qualificatório que terá a duração de duas semanas.

Outra versão da suspensão também veio à tona. Conforme informações extraoficiais, um dos agentes contestou uma portaria do grupamento – afirmado que estaria irregular, inclusive a informação foi levada até o secretario de Governo Lívio Amorim, que ligeiramente entrou em contato com o secretário de Defesa Social. Até então, o coronel Targino, suspendeu a portaria. Com isso, a RONDAC, suspendeu as suas atividades ostensivas.

Procuramos o coronel Targino para esclarecer a denuncia. Ele nos informou que “A RONDAC, sempre estará à disposição do povo de Vitória, mas é necessário qualificar, cada vez os profissionais na busca de qualidade em serviço”, finalizou.

Apesar das versões, torcemos, enquanto sociedade, que ambos os anseios sejam sanados para que possamos ver uma Guarda Municipal que estava preenchendo seu espaço nas ruas de uniforme dando assistência aos cidadãos vitorienses.

Compartilhe:Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Email this to someone

Polícia garante segurança no São João de Vitória

NogueiraJunior
23/06/2017

Para atuar nos três dias de festa em Vitória de Santo Antão, o major Robério Luiz, comandante do 21º Batalhão Monte Tabocas, afirmou a presença de mais de 60 policiais militares garantindo a segurança no São João. Os shows vão acontecer no Pátio de Evento Otoni Rodrigues, área central do município e contará com policiamento dentro e fora do local para reprimir as ações criminosas.

De acordo com o major Robério, equipes do Grupo de Apoio Tático Itinerante (GATI) e Rondas Ostensivas com Apoio de Motocicletas (ROCAM) estarão realizando o patrulhamento a pé e motorizado, além do efetivo ordinário já escalado. Robério também disse que a equipe do Serviço de Inteligência da PM participará também da Operação São João.

“Podem vir tranquilos participar das festividades, a Polícia Militar vai estar aqui para dar segurança à população. Agora a gente aconselha que o pessoal venha com espírito desarmado, com o objetivo de brincar e não causar problema”, disse o comandante.

Compartilhe:Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Email this to someone

Guarda Municipal mostrando serviço

NogueiraJunior
22/06/2017

As ações do grupamento da Rondas de Apoio ao Cidadão (RONDAC), da Guarda Civil Municipal de Vitória de Santo Antão, estão dando o que falar. Nos últimos dias, duas apreensões foram feitas pelos agentes. A primeira delas ocorreu na última quarta-feira (14) no Bairro Santana. Dois suspeitos foram presos em flagrante por tráfico de drogas. Eles estavam com um pacote de maconha no momento em que foram abordados.

No domingo (17), outra equipe, deteve um suspeito de roubo no Bairro Campinas, próximo a Avenida Henrique de Holanda, também em Vitória. Uma motocicleta roubada e dois aparelhos celulares foram recuperados.

Com essas ações, nota-se uma dedicação dos agentes municipais no combate a criminalidade no município. Apesar de não possuírem ainda o porte de arma de fogo, é notório – a coragem e determinação para desenvolver as atividades.

APROVADA LEI QUE PERMITE O PORTE DE ARMA PARA OS GUARDAS MUNICIPAIS

A Lei 13.022/2014 decorre de projeto apresentado pelo deputado Arnaldo Faria de Sá (PTB-SP). “Aos guardas municipais é autorizado o porte de arma de fogo, conforme previsto em lei”, diz o texto oficial. Estabelece, porém, que o direito pode ser suspenso “em razão de restrição médica, decisão judicial ou justificativa da adoção da medida pelo respectivo dirigente”.

De acordo com a regra, além da segurança patrimonial, estabelecida pelo Artigo 144 da Constituição Federal, as guardas terão poder de polícia. Elas poderão atuar na proteção da população, no patrulhamento preventivo, no desenvolvimento de ações de prevenção primária à violência, em grandes eventos e na proteção de autoridades, bem como em ações conjuntas com os demais órgãos de defesa civil.

Com a aprovação da lei, os profissionais também deverão utilizar uniformes e equipamentos padronizados, mas sua estrutura hierárquica não poderá ter denominação idêntica à das forças militares. Porém até agora não se viu interesse do poder público municipal na implantação das novas regras.

Informações complementares da Agência Brasil

Compartilhe:Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Email this to someone

Major Robério chega para comandar o 21º Batalhão

NogueiraJunior
17/06/2017

Com a mudança do comando do 21º Batalhão da Polícia Militar, situado em Vitória de Santa Antão, divulgada em primeira mão para os leitores da coluna Diario Policial, foi anunciado no dia 1 de junho o substituto do tenente coronel Edivaldo Oliveira. Para suprir a saída do oficial, foi escolhido o major Robério Luiz.

Dez dias comandado a unidade, o oficial contou que fez um diagnóstico para adotar medidas de prevenção aos crimes de homicídios, roubos, furto, consumo e venda de drogas na Área Integrada de Segurança (AIS) do Batalhão.  “Nesse primeiro momento realizamos um diagnóstico dos principais indicadores de violência tanto em Vitória como em demais cidades de nossa responsabilidade para desencadearmos nossas ações operacionais”, explicou.

O novo comandante revelou também que após sua chegada resgatou as equipes especializadas: rondas ostensivas com apoio de motocicletas (Rocam) e o Grupo de Apoio Tático Itinerante (GATI), que estavam desativadas durante a Operação Padrão.

 “O Governo do Estado preocupado com essa situação de efetivo, autorizou a realização do Curso de Formação de Habilitação de Praças (CFHP) e agora no final de julho para o começo de agosto estarão sendo divididos novos recrutas nas unidades. Então vai ser um reforço a mais e a gente espera ser contemplado para que possamos melhorar o nosso serviço de segurança pública na cidade”, disse o major Robério, explicando o reforço de efetivo policial que o Batalhão das Tabocas irá receber em breve.

Por fim, o major Robério estabeleceu uma relação de transparência com a imprensa local. “O nosso compromisso em trabalhar e se relacionar bem com a imprensa e a sociedade é constante. Com isso, iremos ganhar essa luta contra a criminalidade”, disse.

Compartilhe:Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Email this to someone

De janeiro a maio, 62 pessoas foram assassinadas em Vitória

NogueiraJunior
15/06/2017

A média de 17,1 mortes violentas por dia em Pernambuco caiu para 14,7. Um balanço apresentado ontem (14), pela Secretaria de Defesa Social (SDS), aponta que no mês de maio foram registrados 457 Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLIs) no Estado.

Em Vitória, apenas um crime a menos foi registrado em maio, comparado a abril que notificou 12 casos. Apesar de apenas um registro a menos no número de mortes, a quantidade de Crimes Violentos contra o Patrimônio (CVPs) apresentou crescimento.

Os dados da SDS revelam que no mês de maio ocorreram 183 crimes de roubos e furtos contra o patrimônio, entre roubo de veículos e transeuntes. Já em abril, o total foi de 162 crimes. As mortes de janeiro a maio deste ano no município chegam a 62. No ano passado, 86 crimes de mortes violentas somaram nas estatísticas da SDS.

MOTIVAÇÕES
Os números da SDS indicam que das 457 mortes ocorridas no mês passado em Pernambuco: 135 foram motivadas pelo tráfico de drogas, 97 por acerto de contas, 22 aconteceram em decorrência de outras atividades criminais, 67 por conflitos nas comunidades e 47 não tiveram as motivações ainda definidas. Fazem parte da lista ainda mortes decorrentes de latrocínios, conflitos afetivos ou familiares e feminicídio.

MULHERES VÍTIMAS DE VIOLÊNCIA DOMÉSTICA E FAMILIAR
Comparado aos dois meses anteriores, os casos de mulheres vítimas de violência doméstica e familiar mostraram redução de 50%. No total, 167 casos foram registrados de janeiro a maio.

ESTUPRO

Apenas um caso foi registrado pela SDS no mês de maio. Ao todo, 9 casos ocorreram nos cinco primeiros meses do ano.

SECRETÁRIO DIZ QUE ESTÁ NO “CAMINHO CERTO”
“Apesar de não ter havido nenhum aumento no número de policiais militares neste ano, estamos conseguindo reduzir a criminalidade. Isso se deve ao trabalho ostensivo da Polícia Militar e às investigações feitas pela Polícia Civil. Estamos no caminho certo. Há três meses os números de homicídios apresentam redução, mas não estamos comemorando. Muito ainda precisa ser feito. Nossa grande meta é reduzir sempre a criminalidade e oferecer segurança para a população”, declarou o secretário de Defesa Social, Angelo Gioia em entrevista coletiva.

 

Compartilhe:Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Email this to someone

Mulher sofre agressão sexual com cabo de vassoura no Mário Bezerra

NogueiraJunior
12/06/2017

Um ato de covardia. No início da manhã do último sábado (10), dois homens estupraram uma dona de casa de 45 anos, na Rua São Pedro, no Loteamento Professor Mário Bezerra, em Vitória de Santo Antão. A dupla usou um cabo de vassoura para cometer a violência sexual.

Um morador ao transitar pela via pública se deparou com a mulher seminua estirada no solo. Assustado, ele acionou a Polícia Militar e o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU).

De acordo com a PM, a vítima relatou que um dos agressores é conhecido por ‘galo’ e reside próximo ao Bar do Vento. Já o segundo criminoso não foi identificado por ela, nem pela polícia. Ainda conforme a dona de casa, o ‘galo’ já havia tentado praticar a mesma investida há um ano.

O crime de estupro foi registrado pela Delegacia da Mulher. Espera-se que os agressores sejam presos e punidos pela pratica do ato covarde e cruel.

Compartilhe:Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Email this to someone