Com saída do Dique, Bloco Meiota vai às ruas com muito Frevo

Na Terça-Feira de Carnaval, a pedida do bairro do Dique é o Bloco Meiota, que vai às ruas pelo terceiro ano consecutivo após seu ressurgimento como clube carnavalesco em Vitória de Santo Antão. A agremiação desfila às 14h com a Orquestra de Frevo Juntos e Misturados e concentra ao meio dia com distribuição de cervejas, suco gummy, feijoada, dobradinha, frutas e outros aperitivos.

Além disso, na concentração, um paredão de som vai agitar os carnavalescos com muita música que retratam o período festivo. O abadá para sair na Meiota custa R$ 20,00 e pode ser encontrado no Bar do Biuzinho Marreco (no Dique) e no Galeto do Maranhão, no bairro de mesmo nome.

HISTÓRIA DA MEIOTA

O Esporte Clube Meiota tem uma grande parcela no desporto de Vitória de Santo Antão, na Zona da Mata de Pernambuco. Fundado em 20 de fevereiro de 1970, o clube tornou-se ícone do amadorismo local e posteriormente baluarte do Carnaval da cidade. Naquele ano, o bairro do Dique e suas localidades vizinhas: Rua Amarela, Ferreiros, Maranhão e Dr. Alvinho, foram contempladas com a brilhante ideia de Severino João da Silva, João Sotero da Silva, José Aprigio Francisco, Edmilson Francisco da Silva e José Bernardo dos Santos. Estes ilustres foram os responsáveis pelo nascimento do clube tricolor.

Além do destaque em outrora, a Meiota, em meados de 2000, ousou ir às ruas com trio elétrico. Manteve-se por cerca de três anos, mas por motivos alheios à vontade de seus simpatizantes, não prosseguiu a desfilar nos anos posteriores. No futebol, conquistou campeonatos vitorienses, mas se apagou no cenário local, assim como no período momesco.  Em 2010, com muito esforço, o clube voltou a sair durante a folia, porém, por mais uma vez, afundou-se no ostracismo por mais cinco anos.

O espírito guerreiro do clube meioteiro renasceu após a sua última eleição. Com o objetivo de voltar a figurar no período carnavalesco, a Meiota, em 2016, enalteceu seu nome entre os grandes da folia vitoriense, desfilando formosamente, além de ter conseguido, em 2015, voltar ao cenário futebolístico local, tendo conquistado o acesso da segunda para a primeira divisão do campeonato do município. Além de priorizar o futebol, a nova gestão busca fortalecer também a história da Meiota enquanto agremiação carnavalesca, como um dia já foi. A principal proposta é disseminar a cultura, o desporto e, principalmente, a tradição do Frevo na Terra das Tabocas.

Compartilhe:Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Email this to someone

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *