Ciro Gomes pede apoio de Paulo Câmara à sua candidatura

Em almoço com o governador Paulo Câmara (PSB), realizado no Palácio do Campos das Princesas, nesta terça-feira (23), o ex-ministro Ciro Gomes (PDT) pediu apoio para construção de sua candidatura presidencial, neste ano. Na primeira visita do ano a governadores, o pedetista fez um apelo para que o socialista possa ajuda-lo “a montar uma alternativa para o Brasil”. Animado com o encontro, Paulo Câmara destacou que o presidenciável está preparado para o desafio e que irá fazer questão de debater sobra a possível aliança com as instâncias nacionais do seu partido.

“Conversamos sobre todas as questões de Pernambuco, do Nordeste e do Brasil, na medida em que temos muitas afinidades. Evidentemente que Paulo tem suas responsabilidades e eu apenas renovo a ele o apelo para que ele possa me ajudar a montar uma alternativa para o país”, colocou Ciro Gomes, ao final do encontro.

Mas, questionado sobre a resposta de Paulo Câmara ao seu apelo, se limitou a dizer que o socialista “ouviou com muito carinho”. “Não é hora de avançar. O PSB está em um processo bastante interessante de refundação, de se reconciliar com seus valores históricos. É um partido que tem 70 anos e tem larga folha de serviços prestados ao Brasil (…) Eles estão conversando. É preciso ter paciência. Tenho toda paciência do mundo. Mas disse a ele aquilo que sempre digo. Se o PSB se unir ao PDT, nós damos ao pensamento progressista brasileiro uma alternativa muito generosa para o futuro do País”, disse o pedetista.

Por sua vez, Paulo ressaltou que “tanto o PDT quanto o PSB temos muito mais convergências do que divergências”. “Saio muito animado porque o PSB com certeza vai procurar seu caminho dentro de valores, muitos dos quais Ciro defende com muita propriedade. “Vou levar isso para a nacional. Também sou vice-presidente do PSB e temos um congresso em março para definir as diretrizes de 2018. Mas já está muito bem plantado no PSB que vamos caminhar com partidos de centro esquerda que recupere o Brasil”, afirmou o governador.

Pernambuco
No almoço, segundo o presidente nacional do PDT, Carlos Lupi, os dois chegaram a debater sobre a possibilidade de o PSB apoiar a candidatura do ex-prefeito de Caruaru, José Queiroz, para o Senado. A aliança, neste caso, entraria no bojo da negociação em torno do apoio do PSB ao projeto majoritário de Ciro Gomes. Mas, de acordo com ele, a questão só deve ser resolvida no mês de julho, quando serão definidas as chapas.

Blog da Folha

Foto: Daniel Leite/Blog da Folha

Compartilhe:Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Email this to someone

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *