Prefeitura confirma licitação, mas transporte universitário só retorna em 2018

Município argumenta que não há tempo hábil para concluir o processo licitatório da compra de seis coletivos até o fim deste ano

A prefeitura de Vitória de Santo Antão começa a dar sinais sobre o retorno da frota universitária que faz o transporte até a capital pernambucana. O serviço, que está paralisado desde o ano passado, tem causado transtornos aos estudantes vitorienses, que chegaram a trancar seus cursos desde o começo da interrupção do serviço no final de 2016. Sem os veículos, os alunos estão pagando ônibus particulares para concluírem o período de suas graduações.

Leia também: Sem transporte ofertado pelo município, estudantes fretam ônibus para irem à capital.

O que antes era tido como promessa de campanha da atual gestão, aos poucos parece mudar de status para promessa inadiável de governo. Com rumores sobre um suposto retorno da frota ainda neste semestre, a gestão de Aglailson Júnior desenha uma nova perspectiva para atender aos anseios dos estudantes: os ônibus só retornam no ano que vem.

Em declaração dada na manhã desta quarta-feira (31), no plenário da Câmara de Vereadores,  durante audiência para discutir a LOA (Lei Orçamentária Anual) e o PPA (Plano Plurianual) para o exercício 2018, o Secretário Especial da gestão, Paulo Teixeira, voltou a falar do assunto e enfatizou alguns detalhes sobre o processo licitatório para aquisição dos coletivos.

Leia também: Em Vitória, transporte universitário segue sem previsão de retorno.

“Nós já iniciamos o processo licitatório para a aquisição desses novos veículos e a princípio o município irá comprar seis ônibus rodoviários. A licitação em si demanda um certo tempo, mas o que antes era promessa de campanha brevemente se tornará realidade. Nós estaremos nos reunindo com os representantes dos universitários pra gente fazer normativas do que será pedido nesse programa.  No primeiro dia útil de aula do ano que vem, este projeto estará de vento em popa”, garante Teixeira.

Ainda na reunião, a Secretária de Planejamento e Orçamento da atual gestão, Vera Sarmento, ressaltou que o programa universitário será custeado com recursos próprios do município, num montante estimado em três milhões de reais.

Por Marcio Souza, para o Blog Nossa Vitória

Foto: Marcio Souza/Blog Nossa Vitória

 

Compartilhe:Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Email this to someone

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *