Infecção não cessa e Weverton perde órgão transplantado

Após um transplante de intestino realizado em Miami, nos Estados Unidos, o garoto Weverton Fagner de Medeiros, 20, apresentou um quadro de infecção e teve que retirar o órgão transplantado, dois meses após a operação. Segundo a família, a infecção, que foi constatada há duas semanas, já se alastrou para o pulmão. Weverton está em coma induzido no Hospital das Clínicas de São Paulo.

Weverton é natural de Vitória de Santo Antão, na Mata Sul de Pernambuco, e ficou conhecido após uma campanha nas redes sociais onde a família do garoto pedia doações para cobrir as despesas do transplante de intestino, quando diagnosticado com Síndrome do Intestino Curto, em julho de 2015. Após grande repercussão, a União acabou custeando o tratamento. O garoto chegou a passar por um hospital particular no Recife, mas acabou sendo transferido para São Paulo.

Primo de Weverton relata situação difícil

“Começou com uma infecção e foi internado no Hospital Português, onde passou duas ou três semanas. Ele não teve melhora e foi transferido para o Hospital das Clínicas, em São Paulo, onde a infecção avançou para o pulmão. O intestino não estava comprometido, mas para melhorar o pulmão ele tinha que tirar o imunossupressor, que mantém a atividade do intestino. Optaram por preservar a vida dele e fazer a retirada do órgão. É complicado, temos que ver o rumo que vamos tomar”, afirmou Linduarte, primo de Weverton.

Com informações da Rádio Jornal 

Compartilhe:Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Email this to someone

3 comentários em “Infecção não cessa e Weverton perde órgão transplantado

  • 10/08/2017 em 4:43 pm
    Permalink

    Vamos orar por ele. Que Deus tenha misericórdia.

  • 11/08/2017 em 9:32 pm
    Permalink

    Deus está a frente vamos orar.

  • 18/08/2017 em 3:11 pm
    Permalink

    Deus é o medico dos médicos operando ele quem impedirá.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *