Secretária de Saúde de Vitória é exonerada após recomendação do MPPE

Após três meses comandando a secretaria de Saúde de Vitória de Santa Antão, Adriana Querálvares, irmã do prefeito Aglailson Júnior (PSB), foi exonerada do cargo. A informação foi confirmada durante a sessão ordinária desta quinta-feira (20), na Câmara de Vereadores.

A saída da secretária ocorre após uma recomendação expedida pelo Ministério Público de Pernambuco (MPPE), que determinou a demissão todos os ocupantes de cargos comissionados ou funções de confiança que sejam cônjuges, companheiros, parentes consanguíneos ou afins até o terceiro grau do prefeito, vice-prefeito, secretários municipais, e demais agentes públicos investidos nas atribuições de chefia, direção, e assessoramento no âmbito dos poderes Executivo e Legislativo de Vitória de Santo Antão.

No lugar deixado por Adriana Querálvares, assume Tereza Mussalém. A prefeitura do município não se pronunciou sobre o assunto. Esta é a segunda baixa na gestão socialista. No início de abril, o secretário de Planejamento solicitou exoneração do cargo, que até então permanece vago.

Compartilhe:Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Email this to someone

3 comentários em “Secretária de Saúde de Vitória é exonerada após recomendação do MPPE

  • 21/04/2017 em 8:05 am
    Permalink

    Porque não obrigaram o ex prefeito demitir sua sobrinha que foi secretaria por 8 anos?

  • 21/04/2017 em 11:01 am
    Permalink

    Tem que fazer isso mesmo, pena que não houve algo assim na gestão passada que também tinha parentes do prefeito assumindo secretaria.

  • 22/04/2017 em 8:19 pm
    Permalink

    Pena!Adriana mt competente e humana…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *