Monumento Leão Coroado, 95 anos de história

 Em comemoração do centenário da Revolução Pernambucana de  1817, o governo municipal, na administração do Capitão Eurico do Nascimento Valois, denominou pela Lei nº 199 de 18/03/1917, o antigo Pátio da Estação de Praça Leão Coroado. Ajardinou-o e, no centro, fez construir um monumento: um atleta, coroado de louros, subjugando possante leão, em homenagem ao bravo José de Barros Lima (O Leão Coroado), patriota de 1817, trabalho executado pelo escultor Bibiano Silva.

> Quem foi José de Barros Lima (O Leão Coroado)?
Militar, nasceu em meados do Século XVIII, no Recife. 

Em 1817, era capitão do Exército e, por aderir à causa republicana, recebeu voz de prisão do comandante do seu regimento, brigadeiro Manuel Joaquim Barbosa de Castro; ignorou a ordem, sacou a espada e matou o brigadeiro, episódio este que fez eclodir a Revolta Pernambucana de 1817. 

Quando as tropas reais reprimiram o movimento, foi preso, condenado à morte e enforcado, no Recife, a 10-07-1817. 

Teve as mãos e cabeça cortadas (as mãos foram pregadas no quartel e a cabeça fincada num poste, em Olinda) e o corpo, amarrado a um cavalo, foi arrastado pelas ruas até o cemitério.


Informações complementares:
Livro História da Vitória de Santo Antão – Professor José Aragão
www.pe-az.com.br
Compartilhe:Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Email this to someone

4 comentários em “Monumento Leão Coroado, 95 anos de história

  • 07/02/2014 em 10:48 am
    Permalink

    sou fã do leão coroado e estou indignado com as declaração que o sh nilo do maracambuco de peixinho vem fazendo em respeito a todos os maracatus dizendo só porque ele ganho a cabeça de galo. o maracatu dele e melho. e que todos os outros maracatus são uma merda.

  • 10/02/2014 em 11:09 am
    Permalink

    Sou da família Barros Lima e muito honrada por ser “herdeira” dessa história!

  • 23/11/2014 em 7:06 am
    Permalink

    Em nota as palavras deve te conteúdo quando for escrita. faço parte de uma associação de Maracatus e sou amigo do mestre Afonso caso queira mais informações fala com ele sobre minha pessoa antes de vc escreve blz . abraço

    Nilo Oliveira, representando não apenas o Maracambuco, mas todas as nações de maracatus de baque virado de Pernambuco.

    “É a mais importante premiação de nossa cultura. A OMC representa o início de uma nova história para o Maracambuco e vai mudar muita coisa. Muda a questão da visibilidade, a questão do apoio e a visão dos próprios governantes. Eles viram aonde o grupo chegou e sabem que não é qualquer um que recebe a Ordem do Mérito Cultural”, desabafa.

    A 19ª edição da Ordem do Mérito Cultural teve como homenageados a artista Tomie Ohtake e Oscar

    http://maracambuco.com.br/?p=565

Os comentários estão desativados.